Cursos de Formação - Informações

O Curso

Inclui aulas teóricas, seminários clínicos, análise pessoal obrigatória, supervisão individual e estágio clínico com acompanhamento, havendo apresentação de monografia no encerramento.

Objetivos

Trabalhar os conceitos fundamentais de Psicanálise, que servem de alicerce para sua prática, transmitindo o conhecimento psicanalítico com base no estudo das obras de Freud e seus seguidores e pós-freudianos, na análise pessoal e na supervisão psicanalítica.

Público-Alvo

Pessoas com formação superior (em qualquer área) que se interessam pela Psicanálise, buscando a capacitação e especialização de profissionais em psicanálise com o foco do atendimento. A profissionais que, em áreas diferentes da Psicanálise, desejam ampliar o conhecimento de si mesmo e dos outros para uma melhor eficácia na atividade que executa.

O curso é estruturado em 34 módulos com conceitos e fundamentos da Te Teoria de Sigmund Freud e Noções das Teorias de Melaine Klein, Jacques Lacan, Donald Winnicot e Wilfred Bion, Noções básicas de Antropologia, Filosofia e Sociologia.

 

                                        EMENTA – 2014 – TURMA 5

Programa Curricular do Curso de Formação em

Teoria Psicanalítica e Psicanálise Clínica

MÓDULO I - AULA INTRODUTÓRIA

O que é Psicanálise: pilares teóricos; método e técnica; teorias da dinâmica psíquica; tratamento dos transtornos; disciplina cientifica: teorias do trauma, narcisismo e dissociação do ego. Evolução histórica da Psicanálise: o movimento psicanalítico; Abraham, o primeiro psicanalista; Ferenczi, o pioneiro; A Segunda Guerra Mundial e a expansão da psicanálise.   Psicanálise e as sete escolas psicanalíticas. Legislação: IPA; Sociedades Psicanalíticas; Formação do Psicanalista; Exercício da Psicanálise. Psicanálise aplicada: Freud e preservação da Psicanálise: Sociedade Psicológica das Reuniões das Quartas Feiras (1902); Congresso de Salzburg (1908), primeira reunião de psicanalistas; Criação da IPA (1910); criação da Revista Imago (1912). 

(Todos estes tópicos como informação, primeiras noções).

 

MODULO II - SIGMUND FREUD

Biografia de Freud: o homem; a família; medico e pesquisador. A Psicanálise: Historiais Clínicos (Anna O.; Caso Dora; Elizabeth Von R.; Pequeno Hans; Homem dos Ratos; Caso Schreber; Homem dos Lobos); teoria e metapsicologia; trabalhos de psicanálise aplicada: artes; religião; literatura; mitologia; antropologia; massas; sociedade.

 

MODULO III – FREUD E A TEORIA TÓPICA

A construção das tópicas: princípios científicos na neurofisiologia; funcionamento psíquico nas histéricas; funcionamento inconsciente da mente. Modelo Topográfico: aparelho psíquico; Sistemas: Consciente, representações de palavra, processo secundário e funções do Ego; Pré-consciente, o arquivo de registros e representação palavras; Inconsciente, repressões, representações de coisa e leis do processo primário. 

 

MODULO IV - FREUD E A TEORIA ESTRUTURAL 

Aparelho Psíquico: dinâmica e funções especificas. A Teoria Estrutural da mente: Id (Isso), gênese,  sede das pulsões, energia livre e principio do prazer;  Ego (Eu), gênese, funções e representações, o si mesmo e o sentimento de identidade; Superego: gênese, representante da moral e valores éticos, legislador e proibidor, a conflitiva edípica. 

 

MODULO   V -  DESENVOLVIMENTO  PSICOSSEXUAL  I

Pulsão: conceito, energia psíquica, catexias; representantes psíquicos; deslocamentos, compulsão à repetição. Dualidade pulsional: pulsão de vida e pulsão de morte. Vida mental e polaridades: atividade-passividade; deslocamentos-condensações; princípio prazer-desprazer; processo primário-secundário; determinismo psíquico; questão da instintualidade.

 

MODULO  VI - DESENVOLVIMENTO  PSICOSSEXUAL II

A organização da libido: desenvolvimento psíquico inicial; sexualidade infantil, instinto e pulsões.  Fases evolutivas da libido: oral, anal e fálica; relações de objeto; fantasias sexuais e formas de erotismo. Complexo de Édipo: pulsões edípicas, fantasias e identificações. Complexo de Castração: angústia de castração; simbolização da lei do interdito. O Superego: gênese, identificações; ego ideal e ideal de ego; sentimento de culpa e vergonha.   O período de latência: repressão da sexualidade infantil; reforço das aquisições afetivas e mentais do ego; sublimação das pulsões. Passagem para a puberdade.

 

MODULO  VII -  TRANSFERÊNCIA 

Transferência: conceito (clássico /contemporâneo); origens e neurose de transferência; fantasias inconscientes, narcisismo e relação de objeto na transferência; pulsões, objetos e angústias na transferência. Contribuição de Freud e os pós-freudianos. Diferentes formas Transferenciais: positiva; negativa; especular; idealizada; erótica; perversa; psicótica (simbiótica, narcisista, acting out, RTN, letargo). Transferência como instrumento no Processo Analítico: antecipatória; para-transferência; extra transferência.

 

MODULO VIII  - CONTRATRANFERÊNCIA

Conceito: origem e evolução histórica; interpretação das relações de objeto e tendências atuais; papel da comunicação inconsciente. Contribuições de Freud e os pós-freudianos. Contratransferência e transferência do analista: diferença e conflitos da pessoa do analista. Contratransferência: como instrumento; como enquadre; projeções, identificações, e relação de objeto. Tipos de contratransferência: direta e indireta; concordante e complementar; erotizada e somatizada, e sonolência.

 

MODULO  IXOS MECANISMOS DE DEFESA DO EGO 

O Ego: atividades defensivas e a repressão. O conflito neurótico: repressão, recalque e o retorno do reprimido; repressão e fixação. O ego: realidade interna e realidade externa. Defesas: o superego, a culpa e as angústias. Mecanismos de defesa: classificação; defesas contra afetos; deslocamento de afetos; equivalentes de afetos; formações reativas. Atividades defensivas na psicose. A clínica e as defesas: resistência e contra resistência. 

 

MODULO X – NARCISISMO - FREUD E ALGUNS ESCRITOS

Três Ensaios da Sexualidade . Ensaio Psicanalítico Totem e Tabu (1913): significado universal do Édipo; historia individual do sujeito, uma repetição; a lei e a ordem social; idealização, enfrentamento da castração e conflitiva edípica. Luto e melancolia (1914): elaboração de perdas; libido investida nos objetos; identificação e introjeção do objeto perdido. Sobre o Narcisismo: uma introdução (1914):distinção entre libido do ego e libido objetal; relações do ego e os objetos externos;  libido retraída do mundo objetal externo; narcisismo, idealização e autoestima.   Inibição, Sintomas e Angústia (1926): restrições às funções do ego; conflitos na relação do Ego e Id; angústias e recalque.

 

MODULO   XI    PSICOPATOLOGIA PSICANALÍTICA  I

Neurose: estruturas caracterológicas, sintomas, inibições e estereótipos. Histeria: gênese e especificidades; classificação, fixações e defesas; transtornos de personalidade histriônica; A clínica da histeria. Neurose Obsessiva: etiologia, ansiedades, fixações e defesas; ambivalência e erotismo anal. Fobias (neurose de angustia): etiologia, estrutura, fixações  e defesas; multideterminações e pluralidade causal; características clínicas. Neuroses e tipificação: atual e angústia (Freud); caráter; fracasso; destino; narcísica e depressão (por perdas, culpa, fracasso, e pseudodepressão). Apresentar casos clínicos Freud correspondentes: Ana O.; O Pequeno Hans; O Homem dos Ratos; O homem dos Lobos.

 

MODULO XII – PSICOPATOLOGIAS PSICANALITICA II

Perversões: gênese e conceituação; mecanismos defensivos actings; vincularidade perversas e pares antitéticos; clivagem da personalidade e manifestações psicopáticas. Aspectos técnicos da clínica. Psicose: gênese; caractereologia; estados psicóticos. Borderline: características, sintomas, clivagem e ansiedades. Condições psicóticas e manejo técnico das psicoses clínicas. Transtornos narcisistas: características clínicas; estados de indiferenciação e ilusão; parte psicótica da personalidade; manejo técnico.  

 

MODULO  XIII -  INTERPRETAÇAO  DE  SONHOS

Os sonhos e sua interpretação: conceito e características psicológicas. Sonhos históricos (Freud):  “Sonho da injeção de Irma” (1895); “O sonho com tio Josef” (1897); “Sonho da Monografia de Botânica” (1898). O trabalho dos sonhos: processos de formação, material e restos diurnos, simbolismo, características psicológicas. O sonho: diferentes tipos; conteúdos coloridos; sensação de realidade no sonho.  Psicofisiologia do sonhar: ciclos do sonhar e do dormir.  Estrutura dos sonhos: gênese, desejo, trauma e representações e pensamento. Mecanismos defensivos, censura, senso de realidade. Os sonhos no tratamento psicanalítico: relato, resistências, formas de interpretação e associação livre na clínica.

 

MODULO  XIV  -  PSIQUIATRIA   E  PSICANÁLISE

Psiquiatria: especialidade médica; diagnóstico, prevenção, tratamento e reabilitação de doenças mentais (orgânica, psíquica e mental). Doente: avaliação biológica, psicológica, sociológicas e áreas a fins. Semiologia psiquiátrica: sinais e sintomas (DSM). Relação entre Psiquiatria e Psicanálise; Par combinado: psiquiatra/psicanalista. Normalidade e Patologia: conceitos; predisposição para desenvolvimento das doenças (interação: “nature” e “nurture”).  Patologias com indicação a terapia psicanalítica.  Questões estruturais: Transtornos e Síndromes; Transtornos Mentais Orgânicos; Reações defensivas: delírio e alucinação. Principais Transtornos: Transtorno de Personalidade; Personalidade Antissocial; Transtorno Bipolar; Transtornos de Ansiedade; Transtorno Obsessivo-Compulsivo; Borderline; Paranoia.

 

MODULO  XV -  FORMAÇÃO DO CARATER,  PERSONALIDADE E SELF

Modelo estrutural freudiano: representações, identificações e mecanismos defensivos; ideais e expectativas do ideal do ego, superego, relações objetais e formação do self. Modelo das relações objetais (Kernberg): personalidades narcísicas, transtornos, e defesas primitivas, caracteres impulsivos e psicóticos. Modelo das falhas ambientais: psicopatia e tendência antissocial (Winnicott): estrutura egoica, caracteropatia, deformidade; self: verdadeiro e falso. Psicologia do self (Kohut): self grandioso, estrutura evolutiva (autoestima e autoconfiança);  self objeto e falhas empáticas: transtornos narcísicos da personalidade.

 

MODULO   XVI -  SEMIOLOGIA   PSICANALÍTICA

Semiologia: origem; conceitos importantes; semiótica; signos e sinais; significantes e significados. Semiologia Clinica e psiquiatria. Semiologia Psicanalítica: o simbólico, a subjetivação, o recalque; efeitos semiológicos do complexo de Édipo e do Superego; mecanismos de defesas; evolução psicoemocional. Clínica Psicanalítica: passos da interpretação, significados e significantes; o inconsciente.

 

MODULO   XVII - FUNDAMENTOS  DA  TÉCNICA  PSICANALÍTICA I

Psicanálise: gênese, conceito, método, procedimento, investigação e princípios básicos. Processo terapêutico: psicanálise e psicoterapia, delimitação de conceitos. Pilares teóricos: inconsciente; Complexo de Édipo; sexualidade; resistência e repressão.  Técnica: procedimento, setting, técnica e campo da entrevista, enquadre; par analítico. Regras básicas: empatia, aliança de trabalho, contrato analítico, atenção flutuante, associação livre, regras de abstinência, transferência e contratransferência; resistência e contra resistência, questões éticas. Escuta analítica: função da transferência e da contratransferência no processo; resistências; insight e elaboração. Indicações e contraindicações ao tratamento; analisabilidade: motivação para mudanças psíquica, prognóstico, relação vincular; as questões de acessibilidade: deslocamentos (metonímia) e condensação (metáforas).

 

MODULO  XVIII - FUNDAMENTOS  DA  TECNICA  PSICANALITICA II

Psicanálise: procedimentos de investigação dos processos mentais; método de tratamento; disciplina cientifica. Psicoterapia: tratamento com métodos e propósitos psicológicos.  Manejo  técnico: clássico, contemporâneo;  acessibilidade: reservas de capacidades positivas; vinculo analítico; circunstancias especiais de cada paciente; paciente de difícil acesso (narcísico). Transformações conceituais: pessoa do analista e pessoa do paciente; o processo analítico: número de sessões, uso do divã, análise do consciente (consciente/inconsciente) e funções do ego; o superego: ação repressiva, culpa, vergonha, e defesas; atitude psicanalítica interna do terapeuta; fatores sócios econômicos.  Formação de compromisso, sintomas e formações reativas. Impasses na clínica: desenvolvimento do processo analítico, defesas caracterológicas, excessos de actings; reação terapêutica negativa (RTN); idealização: fragilidades e dependência; ideal de ego: significações, polo sádico psíquico, configurações patogênicas. Discurso: verbal e não-verbal, interpretação psicanalítica.

 

MODULO  XIX -  SEXUALIDADE,  PSICANÁLISE E O SEXUAL

Sexual e sexualidade: gênese, conceituação; fundamento biológico, anatômico e genital. Teoria da sedução (Freud -1897); Teoria da sexualidade (Freud, 1905); as duas correntes da sexualidade: sensualidade e ternura. Identidade sexuada: experiência do próprio corpo, construção, aceitação ou recusa do sexo de atribuição; sexualidade feminina, sexualidade masculina; trajetória heterossexual, ou homossexual; homens e mulheres diante da perversão, prostituição, pornografia; fetichismo, voyeurismo; pedofilia; gerontofilia; sadomasoquismo; parafilia (outros transtornos múltiplos); o ser humano atormentado por sua sexualidade.

 

MODULO   XX -   MELANIE  KLEIN

Melanie Klein: vida e obra; teoria kleiniana: princípios básicos; conceitos, origem dos conceitos; estruturação da mente; angústias, mecanismos e defesas primitivas e arcaicas; etapas do desenvolvimento do psiquismo, relações objetais. Desenvolvimento emocional primitivo: analise de crianças pequenas e de pacientes regressivos. Fantasias inconscientes e mundo interno. Teoria da agressividade, da inveja e pulsão de morte. Transferência positiva e negativa.  Concepções sobre o Complexo de Édipo e Superego; ataques sádicos destrutivos da criança; culpa e reparação; luto e relações a estados maníacos. Psicanálise infantil: técnica dos brinquedos e jogos; enquadre, setting; interpretação, simbólico e fantasia.                                                                                    

 

MODULO  XXI - DONALD  WINNICOTT

Vida e Obra. Teoria do amadurecimento: desenvolvimento emocional; vida psíquica; Continente materno: sustentação, handling, holding; integração, não integração e personalização. Adaptação à realidade: ambiente facilitador; inicio das relações objetais; apresentação dos objetos; crueldade primitiva. Espaço potencial: conceito; fenômeno e objeto transicional; espaço da ilusão, desilusão. O brincar e a realidade. Capacidade de estar só. A mãe, o bebê e o pai.  Aspectos de ego, si mesmo e Self; núcleo do self verdadeiro e núcleo do self falso. Aspectos da clínica: técnica;  sustentação no setting analítico; regressão; transferência; explicitação do ódio na contratransferência.

 

MODULO   XXII -  PSICANÁLISE  INFANTIL

Psicanálise Infantil: história; evolução e desenvolvimento; conceitos iniciais. Principais teóricos:Hermine H. V. Hugenstein; Anna Freud; Melanie Klein; Arminda Aberastury; Donald W. Winnicott. Freud e a clínica infantil. A proposta técnica de Klein. Elementos lúdicos: o brincar na clinica infantil. A clínica infantil contemporânea. Aspectos da clínica infantil: desenvolvimento da criança; processo de maturação física, psíquica e  neurobiológica; capacidade para realização de tarefas e atividades; ansiedades intensas; fantasias e sentimentos subjacentes. Profusão de material pré-verbal, para verbal e verbal; jogos desenhos, narrativas, personificações, imitações. Vínculo   transferencial; o analista é testado pela criança; manifestações de actings; dependência dos pais. Técnicas e praticas atuais na clinica infantil. 

 

MODULO  XXIII -  PSICANÁLISE  NA  ADOLESCÊNCIA 

Adolescência e sua construção: Édipo, latência e puberdade. As identificações; registros e endereços: angústias, inibições, limites e referencia sexuada. A mãe e a função transitiva de sua fala; saída da infância = exclusão. Tabu da virgindade: figuras do corpo materno, interdição, separação/diferenciação. Identificações: traços e processos identificatórios; instauração de elo social imaginário e simbólico; estranhamentos: novo corpo; instabilidade; traço do olhar e da voz; o si mesmo. Momentos psicóticos na adolescência: desdobramentos entre imaginário do corpo e o imaginário que subtrai o corpo aos afetos. Psicoterapia com adolescentes; o lugar do psicanalista; princípios gerais; transcurso das entrevistas; uso da interpretação;  transferência e contratransferência. Os pais do adolescente: entrevista; transferência; aliança terapêutica. 

 

MODULO XXIV-  WILFRED  BION

Vida e obra. Teoria do Pensamento: gênese evolutiva dos pensamentos; utilização dos pensamentos; transformações e evolução; funções do pensamento e capacidade de pensar os pensamentos. Teoria do Conhecimento: função e relação continente e conteúdo; elementos de psicanálise; Vínculos: amor, ódio e conhecimento; ataque ao vínculo; superego e supra-ego; a função alfa da mãe. Teoria das transformações: alucinose; a parte psicótica e não psicótica da personalidade; linguagem e comunicação.  Trabalho com grupos. Trabalho com psicóticos.  Problemas: gênese e utilização dos pensamentos; relativo ao uso da verdade; a angústia “terror sem nome”. O psiquismo fetal. Condições do psicanalista: capacidade negativa, intuição, continência, paciência e empatia; visão binocular; a dor psíquica, o crescimento mental. Prática Psicanalítica: concepção inovadora; analise do consciente; função continente do analista; resistência e transferência;  Interpretação e vínculos.                

 

MODULO  XXV -  JACQUES  LACAN

Áreas do psiquismo – etapa do espelho, a linguagem, o desejo, o Narcisismo e o Édipo. Funcionamento do psiquismo – o real, o imaginário e o simbólico, Interpretações versus interrupções ;   Manejo Clínico

 

MODULO   XXVI   PSICOTERAPIA  BREVE

História: gênese; conceitos básicos, classificação das psicoterapias breves; conceito de foco;  gerações de psicoterapia breve. Indicações, contraindicações e tolerância à angústia. Compreensão psicodramática da crise: diversificação; classificação de sintomas; terapias sintomáticas e terapias causais. Tratamento: entrevista; relação paciente-terapeuta; contrato e metas terapêuticas; duração do tratamento, avaliação de resultados. Técnicas de psicoterapia breve;  resistência; definição do foco; vinculo paciente terapeuta; postura do psicoterapeuta, acolhimento; manipulação da transferência; intervenções na psicoterapia. Técnicas para lidar com o encerramento da terapia. 

 

MODULO  XXVII  - PSICOSSOMÁTICA  E  PSICANÁLISE

História: gênese, origem histórica; primórdios da ciência; surgimento da escola. Freud e contribuições para a psicossomática: afasias (1891); complacência somática - caso Dora (1905); alteração psicogênica da visão – conversão histérica (1910); o ego corporal. Escola de Chicago: classificação das doenças psicossomáticas; mecan. A organização psicossomática: o fenômeno psicossomático; as ligações somato-psíquicas e determinantes de doenças orgânicas; fatores psicológicos determinantes de doenças orgânicas; mecanismos de formação de sintomas;  fatores estressores psicossociais.  O corpo, a pele e a psicossomática; o problema da dor e da imagem corporal; o pensamento operatório; do fenômeno psicossomático à somatização; pensamento operatório e as emoções. Dialogo entre psicanálise e medicina. Transtornos: de imagem corporal; alimentares.

 

MODULO  XXVIII -  ANTROPOLOGIA  E  PSICANÁLISE

As origens do humano e sua capacidade simbólica; As representações do conhecimento humano As interfaces da Antropologia e a psicanálise As noções de regra e valor. Freud: debate com antropologia; Totem e tabu (1911): origem histórico-biológica do Complexo de Édipo. Totem e Tabu (1913): significado universal do Édipo; historia individual do sujeito, uma repetição; a lei e a ordem social; idealização, enfrentamento da castração e conflitiva edípica.  A proibição do Incesto como regra humana básica. Estruturas elementares de parentesco. O significante e o simbólico. A “mitologia psicanalítica” e a sociedade ocidental.

 

MODULO  XXIX -  SOCIOLOGIA  E  PSICANÁLISE

Sociologia: introdução ao pensamento sociológico (Durkheim, Weber  e Marx).  A estrutura de poder nas organizações. A psicanálise e sua organização social: Grupo das Quartas Feiras; a Associação Internacional; as Sociedades e Organizações  psicanalíticas: manter a essência da proposta; garantia de manutenção da ordem técnica; enfoque da área humanística. Freud e psicanálise aplicada: Totem e tabu (1910); A psicologia de massas e a análise do ego (1921); O futuro de uma ilusão (1927); Mal estar na civilização (1930); O Processo de Globalização e seus efeitos nas relações sociais. Os transtornos de comportamento na sociedade moderna. As classes sociais na realidade brasileira.

 

MODULO  XXX -   TERAPIA  DE  GRUPO E  PSICANÁLISE (GRUPANALISE)

Psicologia de Grupo: gênese do trabalho em grupo; surgimento da psicoterapia grupal; construção teórico-técnico-pratica do grupo terapia. Contribuições de Freud: individuo e grupo; técnicas psicodramáticas (Moreno, 1930); Campo grupal (Lewin, 1936); dinâmica de grupo ( Fouckles, 1948); grupos operativos (Pichon-Rivièri); compreensão do aparelho psíquico grupal (Anzieu e Kaes). Dinâmica de grupo (Bion, 1940): classificação dos grupos: operativos, institucionais, comunitários,  terapêuticos. Grupo e individuo: relações continente conteúdo (parasitário, comensal e simbólico); influência X influenciável. Formação grupal: objetivos; mudanças pretendidas; tipo de técnica; tipo de paciente; condições de trabalho. Distinção na formação do grupo: operativos; terapêuticos; psicoterápicos. 

 

MODULO   XXXI   FILOSOFIA  RELIGIÃO E  PSICANALISE

Filosofia: história, mitos, religião e psicanálise. A razão e os princípios racionais. A verdade como um valor. A dificuldade para a busca da verdade. A dialética. Filosofia moral e seus pressupostos. A mitologia e a psicanálise. Religião na Psicanálise. Psicanálise e filosofia: o ser humano e o mundo contemporâneo: melhor visão de mundo; relação com os objetos, coisas, pessoas e o si mesmo; dimensão da cidadania e o sujeito; realização individual e aprimoramento integral do ser humano.

 

MODULO   XXXII  - PSICOFARMACOLOGIA E  PSICANÁLISE 

Fármacos (Antipsicóticos, Psicolépticos, Psicodislépticos e psicoanalépticos). Drogas Psicoativas (Depressivos, Estimulantes e Alucinógenos) Reações Autossômicas e Hematológicas Adicção -Dependência e Vicio – Efeitos Adversos Tratamento medicamentoso e controle. Interação medicamentosa Mitos em relação a medicamentos, medicamentos como objetos transicionais.

 

MODULO   XXXIII  - NEUROCIÊNCIA   NEUROFISIOLOGIA  E  PSICANÁLISE

Neurofisiologia Motora e Integrada: Os Reflexos da Medula Espinhal e do Tronco Cerebral; Controle da Função Muscular pelo Córtex Motor, Núcleos da base Cerebelo; O Córtex Cerebral e as funções Intelectuais do Cérebro; Ativação do Cérebro; Vigília e Sono; Funções Comportamentais; O Sistema Nervoso Autonômico; Fluxo Sanguíneo Cerebral; Líquido Cefalorraquidiano; Fisiologia da emoção; Aprendizado e Memória. Neuromodulação.

 

MODULO   XXXIV -  ÉTICA  E  PSICANÁLISE

Psicanálisee compreensão Ética: princípios, emoções e desejos; compreensão e perspectivas no pensar ético; ética relativa no discurso psicanalítico. Psicanálise: valores morais (inconsciente e sexualidade); superego e a moral rígida, valores e fins éticos; violência e lugar da ética; neurose e moralidade. Psicanálise e ilusões da consciência; a sociedade de valores; sujeito contemporâneo e psicanálise. O “estatuto” da Psicanálise proposto por Freud; O desafio da Psicanálise. A imagem psicanalítica do homem; As perspectivas futuras da Psicanálise. Código de Ética Profissional na Psicanálise.

 

MÓDULO XXXV – ARTE E PSICANÁLISE

As artes vista pela psicanálise > literatura, pintura, cinema

 

MÓDULO XXXVI – LUTO E ROMPIMENTO DE VÍNCULOS

As representações da morte. A Morte em Vida Apego e Desapego.O Vínculo. Configurações Vinculares de Bion por Zimerman . A criança e o Vínculo .O Luto: As contribuições à Psicanálise O Luto Normal e Luto Patológico. O Luto Antecipatório e o Luto pós-morte. A Identificação do Objeto Amado. Os Afetos relacionados à Perda Separações e Divórcio Perda do Cônjuge. A Morte de um Filho. A Velhice e a Morte. O Medo e a Ansiedade  Distúrbio Depressivo

SEMINÁRIO  Sexualidade e Erotismo no sec. XXI

AVISO : Programa sujeito a alterações

Coordenação de Cursos

Diretoria Acadêmica– Laura Ikeda

Laura.ikeda@uol.com.br

 

 

 

Eventos
Galeria de Fotos
Biblioteca
Contato
Área do Aluno
© 2013 APVP
Todos os direitos reservados.